sicnot

Perfil

País

Retomadas buscas por homem desaparecido na zona do Barreiro junto ao Tejo

As buscas para encontrar o homem que desapareceu na quarta-feira na zona de Palhais, Barreiro, quando apanhava amêijoas no rio Tejo, foram retomadas ao nascer do dia, disse à Lusa fonte da Policia Marítima.

Arquivo

Arquivo

SIC

A mesma fonte adiantou que pelas 07:00, "aos primeiros alvores", os agentes já estavam no local. Às 07:30 vão ser reforçados os meios no local para as buscas, acrescentou.

De acordo com a fonte da Polícia Marítima, no local onde o homem desapareceu estão agentes que vão patrulhar a zona em terra e uma lancha da Polícia Marítima, bem como outra do Instituto dos Socorros a Náufragos.

Um homem de cerca de 50 anos desapareceu na quarta-feira quando aproveitava a maré baixa para apanhar amêijoas, suspeitando-se de que terá sido "apanhado pela subida repentina da água", segundo disse à Lusa o comandante da capitania do porto de Lisboa e da Polícia Marítima, Malaquias Domingues.

O alerta foi dado por um outro homem, que também se encontrava no local a apanhar amêijoas cerca das 12:10.

As buscas, que decorreram desde o início da tarde de quarta-feira - quer na zona do rio em Palhais, quer do lado de Paio Pires, perto da siderurgia do concelho - foram interrompidas às 19:00.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05