sicnot

Perfil

País

Tribunal adia acórdão de Manuel Godinho em terceiro processo de corrupção

O Tribunal de Aveiro adiou hoje a leitura do acórdão do julgamento em que Manuel Godinho, principal arguido do caso "Face Oculta", é acusado de corromper um fiscal do ambiente, devido a uma alteração não substancial dos factos.

Arquivo LUSA

Além de Manuel Godinho, este processo, que resultou de uma certidão extraída do caso "Face Oculta", tem mais dois arguidos, nomeadamente a então secretária pessoal do sucateiro e um vigilante da natureza da Administração da Região Hidrográfica do Centro.

A juíza-presidente marcou para 10 de março uma nova sessão de julgamento, já que um dos dois advogados de defesa pediu prazo para se pronunciar sobre estas alterações.

O defensor de Manuel Godinho prescindiu do prazo, mas opôs-se às referidas alterações, por entender que as mesmas são "substanciais", introduzindo novos factos que não constavam da acusação.

Segundo Artur Marques, esta decisão "desrespeita" o acórdão da Relação do Porto", que ordenou a repetição do julgamento, e "ofende caso julgado".

"Isto é a crónica de uma morte anunciada", disse aos jornalistas o advogado, antecipando uma condenação dos arguidos, que tinham sido absolvidos num primeiro julgamento, em 2013.

O sucateiro de Ovar, que há um mês não compareceu no Tribunal de Aveiro para as alegações finais por se encontrar ausente no Brasil, desta vez marcou presença mas não prestou declarações aos jornalistas.

Os factos remontam a 2009, quando Manuel Godinho terá mandado a sua então secretária pessoal entregar 2.500 euros a um vigilante da natureza da Administração da Região Hidrográfica do Centro, para evitar a fiscalização de uma extração ilegal de areias na "Quinta dos Ananases", de que é proprietário.

Durante o julgamento, os três arguidos remeteram-se ao silêncio.

Em setembro de 2014, Manuel Godinho foi condenado no âmbito do processo "Face Oculta" a uma pena única de 17 anos e meio de prisão, em cúmulo jurídico, por 49 crimes de associação criminosa, corrupção, tráfico de influência, furto qualificado, burla, falsificação e perturbação de arrematação pública.

Além da pena de prisão, o sucateiro foi condenado a pagar solidariamente com outros arguidos 1,2 milhões de euros à antiga Rede Ferroviária Nacional (Refer), à Redes Energéticas Nacionais (REN) e à Petrogal.

Mais recentemente, no passado mês de novembro, foi condenado a mais dois anos e meio de prisão efetiva, por subornar um ex-funcionário da antiga Rede Ferroviária Nacional (Refer), também condenado no mesmo processo.

O empresário de Ovar, que aguarda em liberdade o desfecho dos recursos dos dois acórdãos interpostos pela sua defesa, foi declarado insolvente no início deste ano.

JLusa

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • O vestido de Jennifer Lawrence que está a dar que falar

    Cultura

    Jennifer Lawrence escolheu um vestido arrojado para usar na sessão fotografia do próximo filme e a internet reagiu. Muitas foram as críticas feitas, que davam conta de uma roupa "demasiado reveladora" para o frio que se fazia sentir em Londres. Mas Jennifer Lawrence não deixou passar, criticando os comentários "sexistas" e "nada feministas".

    SIC

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25