sicnot

Perfil

País

Acessos às serras da Estrela, Caramulo e Montemuro cortados pela neve

As estradas de acesso às zonas mais elevadas das serras da Estrela, no distrito de Castelo Branco, e do Caramulo e de Montemuro, no distrito de Viseu, estão cortadas devido à neve.

PAULO NOVAIS/ LUSA

Várias estradas que atravessam o maciço central da Serra da Estrela, que começaram a ser encerradas na manhã de sexta-feira, continuam hoje encerradas, devido à queda de neve, disse à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

Na Serra da Estrela, a neve está a impedir a circulação automóvel designadamente nas estradas nacionais (EN) 231, na região de Seia, e 232 -- que liga Mangualde (distrito de Viseu) a Belmonte (Castelo Branco), por Gouveia e Manteigas (Guarda) -- nas zonas das Penhas Douradas, Sabugueiro e Gouveia.

Também a EN 338, que atravessa o maciço central da Serra da Estrela, está cortada entre Sabugueiro e Penhas da Saúde, tal como a EN 339, na zona da Covilhã e do Sabugueiro.

Na serras do Caramulo e de Montemuro, no distrito de Viseu, "tem nevado muito" nas últimas horas, estando fechadas à circulação automóvel uma dezena de estradas, a maior parte das quais municipais, designadamente nos concelhos de Resende, Cinfães, Castro Daire e Tondela.

No distrito de Viseu continuam encerradas as estradas nacionais 321, que liga Cinfães a Castro Daire, e 230 na zona de Tondela, disse à Lusa fonte do CDOS de Viseu.

Centenas de alunos de escolas dos concelhos de Castro Daire, Cinfães e Resende regressaram mais cedo a casa na sexta-feira, devido à queda de neve, em aldeias como Gralheira, Ramires, Alhões e Bustelo, na serra do Montemuro, cujas vias de acesso se mantém hoje intransitáveis.

A circulação nas autoestradas do Interior Norte (A24), que liga Viseu a Chaves, e das Beiras Litoral e Alta (A25), que liga Aveiro a Vilar Formoso, por Viseu e Guarda, também está a ser parcialmente afetada pela neve nalguns troços, onde estão a operar limpa neves, mas sem implicar o corte do trânsito, disse à Lusa fonte do CDOS de Viseu.

Várias estradas municipais que atravessam as zonas mais elevadas da serra da Lousã, nos distritos de Coimbra e Leiria, também estão encerradas, mas "não há povoações isoladas", adiantou fonte do CDOS de Coimbra.

A estrada entre Pedrógão Grande e Castanheira de Pera (EN 236), no norte do distrito de Leiria, também está interdita ao trânsito por causa da neve, tal como a EN 351, no Alto de Isna, no concelho de Oleiros (distrito de Castelo Branco).

Lusa

  • Registadas 239 ocorrências devido ao mau tempo

    País

    ​O mau tempo causou 239 ocorrências, principalmente deslizamentos de terra, quedas de árvores e inundações, afetando mais os distritos de Viseu e Coimbra, e no norte estão cortadas várias estradas devido à neve, segundo a proteção civil.

  • Envie-nos as suas fotos ou vídeos do mau tempo

    País

    O fim de semana vai ser marcado pela chuva, vento forte, agitação marítima e possibilidade de queda de neve em locais pouco habituais como as serras de Sintra e Monchique. Devido ao mau tempo, foram emitidos avisos laranja de agitação marítima durante todo o fim de semana, prevendo-se ondas que podem atingir os 7 metros, e aviso amarelo de vento e precipitação até ao final do dia de sábado. Envie-nos fotos ou vídeos do mau tempo para eureporter@sic.impresa.pt

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.