sicnot

Perfil

País

Acessos às serras da Estrela, Caramulo e Montemuro cortados pela neve

As estradas de acesso às zonas mais elevadas das serras da Estrela, no distrito de Castelo Branco, e do Caramulo e de Montemuro, no distrito de Viseu, estão cortadas devido à neve.

PAULO NOVAIS/ LUSA

Várias estradas que atravessam o maciço central da Serra da Estrela, que começaram a ser encerradas na manhã de sexta-feira, continuam hoje encerradas, devido à queda de neve, disse à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

Na Serra da Estrela, a neve está a impedir a circulação automóvel designadamente nas estradas nacionais (EN) 231, na região de Seia, e 232 -- que liga Mangualde (distrito de Viseu) a Belmonte (Castelo Branco), por Gouveia e Manteigas (Guarda) -- nas zonas das Penhas Douradas, Sabugueiro e Gouveia.

Também a EN 338, que atravessa o maciço central da Serra da Estrela, está cortada entre Sabugueiro e Penhas da Saúde, tal como a EN 339, na zona da Covilhã e do Sabugueiro.

Na serras do Caramulo e de Montemuro, no distrito de Viseu, "tem nevado muito" nas últimas horas, estando fechadas à circulação automóvel uma dezena de estradas, a maior parte das quais municipais, designadamente nos concelhos de Resende, Cinfães, Castro Daire e Tondela.

No distrito de Viseu continuam encerradas as estradas nacionais 321, que liga Cinfães a Castro Daire, e 230 na zona de Tondela, disse à Lusa fonte do CDOS de Viseu.

Centenas de alunos de escolas dos concelhos de Castro Daire, Cinfães e Resende regressaram mais cedo a casa na sexta-feira, devido à queda de neve, em aldeias como Gralheira, Ramires, Alhões e Bustelo, na serra do Montemuro, cujas vias de acesso se mantém hoje intransitáveis.

A circulação nas autoestradas do Interior Norte (A24), que liga Viseu a Chaves, e das Beiras Litoral e Alta (A25), que liga Aveiro a Vilar Formoso, por Viseu e Guarda, também está a ser parcialmente afetada pela neve nalguns troços, onde estão a operar limpa neves, mas sem implicar o corte do trânsito, disse à Lusa fonte do CDOS de Viseu.

Várias estradas municipais que atravessam as zonas mais elevadas da serra da Lousã, nos distritos de Coimbra e Leiria, também estão encerradas, mas "não há povoações isoladas", adiantou fonte do CDOS de Coimbra.

A estrada entre Pedrógão Grande e Castanheira de Pera (EN 236), no norte do distrito de Leiria, também está interdita ao trânsito por causa da neve, tal como a EN 351, no Alto de Isna, no concelho de Oleiros (distrito de Castelo Branco).

Lusa

  • Registadas 239 ocorrências devido ao mau tempo

    País

    ​O mau tempo causou 239 ocorrências, principalmente deslizamentos de terra, quedas de árvores e inundações, afetando mais os distritos de Viseu e Coimbra, e no norte estão cortadas várias estradas devido à neve, segundo a proteção civil.

  • Envie-nos as suas fotos ou vídeos do mau tempo

    País

    O fim de semana vai ser marcado pela chuva, vento forte, agitação marítima e possibilidade de queda de neve em locais pouco habituais como as serras de Sintra e Monchique. Devido ao mau tempo, foram emitidos avisos laranja de agitação marítima durante todo o fim de semana, prevendo-se ondas que podem atingir os 7 metros, e aviso amarelo de vento e precipitação até ao final do dia de sábado. Envie-nos fotos ou vídeos do mau tempo para eureporter@sic.impresa.pt

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC