sicnot

Perfil

País

Cascais vai ter sistema de alerta de tsunami

Cascais vai ter uma sirene de alerta de tsunami para informar a população em situações de risco, tornando-se no primeiro município do país com este sistema, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Praia de Carvavelos, Cascais. (Arquivo/Lusa)

Praia de Carvavelos, Cascais. (Arquivo/Lusa)

LUSA

Um acordo celebrado hoje entre a autarquia e a Autoridade Nacional de Proteção Civil prevê a criação de um projeto-piloto, com meios técnicos e humanos, para testar o funcionamento deste novo sistema.

O objetivo, segundo a Câmara de Cascais, é "melhorar os mecanismos de alerta de catástrofes e a redução dos tempos de transmissão de alertas às populações".

A sirene será equipada com um controlo local, que deverá servir as unidades de resgate envolvidas nas operações de socorro e salvamento, bem como a comunicação na área afetada.

"Este sistema de alerta, o primeiro do género no país, poderá ainda ser utilizado noutras situações de risco, nomeadamente, cheias e inundações, ventos fortes ou outro tipo de riscos naturais ou tecnológicos", adiantou a autarquia.

De acordo com a informação divulgada, o sistema permite o envio de um sinal de rádio ou GPRS auxiliar a partir de transmissores terrestres, de forma a avisar a população em caso de risco iminente.

A sua ativação e alerta à população será feita com base na informação dada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, disse à Lusa que o projeto-piloto é "de todo o interesse" para o município e de "grande importância" para o país.

"Não está nas nossas mãos controlar os fenómenos da natureza, mas está nas nossas mãos a capacidade de resposta que lhes damos. Por estarmos numa conhecida zona de risco, com este projeto estamos a contribuir para o alerta mais rápido das pessoas e para incremento da segurança das populações de Cascais e da toda a zona costeira da grande Lisboa", concluiu o autarca.

Lusa

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.