sicnot

Perfil

País

Marcelo vai reconduzir representantes da República dos Açores e da Madeira

Marcelo Rebelo de Sousa, depois de tomar posse como Presidente da República, vai formalizar a nomeação dos representantes da República nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, reconduzindo Pedro Catarino e Ireneu Cabral Barreto.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Segundo um comunicado enviado pelo gabinete de Marcelo Rebelo de Sousa à agência Lusa, o Presidente da República eleito vai proceder, a 9 de março, dia da tomada de posse, "nos trâmites constitucionais exigidos, à formalização da nomeação dos representantes da República nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira", mantendo nos cargos, respetivamente Pedro Catarino e Ireneu Cabral Barreto.

Segundo o artigo 203.º da Constituição, "para cada uma das regiões autónomas há um Representante da República, nomeado e exonerado pelo Presidente da República ouvido o Governo".

De acordo com o texto constitucional, salvo o caso de exoneração, o mandato do Representante da República tem a duração do mandato do Presidente da República e termina com a posse do novo Representante da República.

Marcelo Rebelo de Sousa reuniu-se esta quarta-feira ao final do dia com o primeiro-ministro, António Costa, no Palácio de Queluz.

Na quinta-feira, o chefe de Estado, Cavaco Silva, homenageou os representantes da República para as regiões autónomas, sublinhando que a extinção deste cargo só pode ser defendida por desconhecimento das suas funções e competências, porque tal seria "extremamente gravoso".

"Só o desconhecimento do papel e das competências dos representantes da República para as regiões autónomas pode levar alguém a defender a extinção deste cargo constitucional", afirmou então o chefe de Estado, antes de condecorar o representante da República para a região autónoma da Madeira, Ireneu Cabral Barreto.

O Presidente da República fez ainda referência aos "altos serviços prestados ao país" pelo representante da República para os Açores, Pedro Catarino, já anteriormente condecorado.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.