sicnot

Perfil

País

Militares usam cidade de Aveiro para preparar ações no Kosovo

A cidade de Aveiro vai ser palco de várias ações militares como patrulhamento, "chek-point" e controlo de tumultos, no âmbito do exercício "Pristina 161", de preparação para o contingente que vai seguir para o Kosovo.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

O exercício "Pristina 161", hoje dado a conhecer à comunicação social, vai ser desenvolvido na cidade e na região pelo 2.º Batalhão de Infantaria Paraquedista, entre 07 e 11 de março, e finaliza a preparação da força portuguesa que vai para o Kosovo, no âmbito das missões da NATO (sigla em inglês da Organização do Tratado do Atlântico Norte).

"Fazer um exercício na cidade coloca desafios diferentes, mas tentamos replicar as condições que vamos encontrar no teatro de operações. Não se assustem: vão ver patrulhas com homens armados, alguns 'chek-point' (posto de controlo) e mesmo manifestações, num ambiente controlado em coordenação com as forças de segurança", advertiu o comandante do Regimento de Infantaria 10, coronel José Sobreira.

De acordo com as explicações dadas pelo comandante da força que vai estar no teatro de operações, entre finais de março e outubro, o Estádio Municipal de Aveiro vai simular o campo português "SLIM LINES", nas imediações da cidade de Pristina, e as instalações do RI10 (antiga base aérea de S. Jacinto) corresponderá ao Aeroporto de Pristina.

Na área urbana de Aveiro terão lugar diversas ações que fazem parte do conjunto de tarefas que o 2.º Batalhão de Infantaria Paraquedista, constituído por 181 militares, poderá ser chamado a executar na cidade de Pristina, tal como o patrulhamento motorizado e apeado, a defesa de pontos sensíveis, reconhecimentos e evacuações medicas táticas.

O exercício será acompanhado por diversos convidados e auditores e culmina na tarde do dia 11 com um desfile na avenida Lourenço Peixinho de agradecimento à população.

O 2.º Batalhão de Infantaria Paraquedista, que integra o Regimento de Infantaria 10, é depois deslocado para o Kosovo em dois voos, um a 30 de março e outro a 08 de abril, onde vai render o 2.º Batalhão de Infantaria Mecanizada.

O batalhão permanecerá até outubro como força de reserva de primeira intervenção do comandante da "Kosovo Force"(KFOR), podendo ser empregue em todo o território do Kosovo e, se necessário, na Bósnia-Herzegovina.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.