sicnot

Perfil

País

Gaia quer oferecer manuais escolares até ao nono ano

A Câmara de Gaia divulgou hoje que no próximo ano letivo vai alargar o programa de atribuição de manuais escolares gratuitos para oferecer aos quase nove mil alunos do terceiro ciclo os livros de duas disciplinas.

(SIC/ Arquivo)

"Tendo como prioridade o apoio às famílias e o combate ao abandono e insucesso escolar, através de um plano estratégico municipal de apoio à educação coerente e integradora, o município pretende alargar, para o ano letivo 2016/2017, este apoio integrado no projeto Gai@aprende+", indica uma proposta da autarquia a ser votada na próxima reunião de câmara.

Depois de em julho ter aprovado um investimento de 860 mil euros, para poder novamente dar manuais escolares a todos os alunos do primeiro ciclo e os livros de português e história aos do segundo ciclo, a autarquia quer agora aumentar esta verba e destinar ao programa um total de 1,5 milhões de euros para poder também oferecer dois manuais ao terceiro ciclo.

"Estamos a cumprir uma missão social da Câmara e a apoiar uma das áreas mais importantes, que é a educação. Esta medida corresponde a uma aposta no apoio às famílias, numa lógica de apoio social", explicou o presidente da autarquia, Eduardo Vítor Rodrigues.

Do total de 1,5 milhões de euros, 1,4 milhões estão destinados a financiar os dois manuais para os alunos do terceiro ciclo, dois para os do segundo ciclo, todos os livros para o primeiro ciclo e 86,8 mil euros cabem a licenças do programa "Escola Virtual".

Entre o primeiro ano e o nono anos de escolaridade, Vila Nova de Gaia tem mais de 24 mil alunos, dos quais 8.787 no terceiro ciclo, que passarão a beneficiar todos do programa Gai@prende+

A proposta que será apresentada na reunião de segunda-feira inclui ainda a criação de um Banco de Livros escolares a ser gerido com os agrupamentos escolares e articulado pelas divisões de educação e ação social "de forma a responder progressivamente a um modelo complementar de apoios neste domínio".

O programa irá ainda incluir a participação das juntas de freguesia que ficam obrigadas a desencadear ações de sensibilização junto do comércio local para aderirem à iniciativa, quer para maior comodidade dos pais, quer como incentivo à economia local.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.