sicnot

Perfil

País

Sovena diz que mortes em silo de farinha aconteceram em acidente de trabalho

O Grupo Sovena confirmou hoje à agência Lusa a ocorrência de um acidente de trabalho nas instalações da sua unidade industrial localizada em Almada, em que morreram um colaborador da Sovena e um colaborador externo à empresa.

Fonte oficial da empresa disse à agência Lusa que o acidente ocorreu quando se iniciavam os trabalhos de limpeza de um silo, no Pragal, Almada, "uma tarefa habitual e frequente na atividade daquela unidade fabril".

Entretanto, fonte da GNR de Setúbal disse à Lusa que os dois homens, de 58 e 37 anos, morreram afixiados em farinha.

A Sovena refere foi "aberto de imediato um inquérito interno com vista a esclarecer as razões da ocorrência", e que, logo após o acidente contactou as autoridades, estando a trabalhar com as mesmas no sentido de apurar as causas do acidente.

"A Sovena apresenta desde já a sua solidariedade para com as famílias e está disponível para prestar o apoio necessário em resultado desta trágica ocorrência", acrescentou a fonte.

Segundo os bombeiros da Trafaria e o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o alerta sobre o acidente no silo foi dado pelas 16:30.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setubal confirmou à Lusa que os óbitos foram confirmados no local e que silo tem cerca cde 30 metros de altura e continha dois metros de farinha.

No local estiveram cinco veículos dos bombeiros da Trafaria, com 15 homens, viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Santa Maria e GNR da Trafaria.

Lusa

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.