sicnot

Perfil

País

Suspeito de homicídio em Guimarães teria relacionamento amoroso com a vítima

O homem suspeito do homicídio de uma mulher em Guimarães, ocorrido durante a noite de sexta-feira para sábado, manteria um relacionamento amoroso com a vítima, informou hoje à Lusa fonte policial.

Segundo a fonte, a mulher, de 34 anos, terá sido morta por estrangulamento.

O crime ocorreu num quarto de uma casa conotada com a prática de prostituição, onde o presumível homicida e a vítima passaram a noite.

O cadáver foi encontrado na manhã de sábado, pela dona daquela casa, situada no centro da cidade de Guimarães.

Na altura, o presumível homicida já tinha abandonado o quarto.

A vítima tinha residência na zona de Aveiro.

O detido, de 39 anos e residente em Guimarães, vai ser levado a tribunal na segunda-feira, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".