sicnot

Perfil

País

Trânsito condicionado em Lisboa a partir desta terça-feira devido à tomada de posse

Várias artérias de Lisboa, principalmente junto à Assembleia da República e ao Palácio de Belém, vão ter condicionalismos ao trânsito a partir de terça-feira, devido à cerimónia de tomada de posse do novo Presidente da República, na quarta-feira.

IN\303\201CIO ROSA

A tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República decorre na Assembleia da República, na quarta-feira, às 10:00.

A partir das 13:00 de terça-feira, até ao final das cerimónias, o estacionamento vai ser proibido nas ruas de São Bento - desde a rua Nova da Piedade - e Correia Garção e na avenida 24 de Julho, desde a rua do Instituto Industrial até à avenida D. Carlos I, segundo um comunicado do município.

Na quarta-feira, decorrerá, pelas 12:00, uma cerimónia de deposição de flores nos túmulos de Luís de Camões e de Vasco da Gama, pelo que será condicionada a circulação rodoviária, durante a passagem da Guarda de Honra a cavalo da GNR, entre o Mosteiro dos Jerónimos e o Palácio de Belém (na praça Afonso de Albuquerque com a calçada da Ajuda, na praça Afonso de Albuquerque com a avenida da Índia, na avenida da Índia com o CCB e no arruamento frente ao Mosteiro dos Jerónimos).

Às 17:00 de quarta-feira decorrerá uma celebração ecuménica na Mesquita Central de Lisboa, sendo proibido o estacionamento nas ruas Ramalho Ortigão e Dr. Júlio Dantas, em frente à mesquita, a partir das 19:00 de terça-feira e até ao final do evento.

Às 18:00, o Presidente cessante, Aníbal Cavaco Silva, vai ser condecorado no Palácio Nacional da Ajuda, pelo que será proibido o estacionamento no largo da Ajuda, até ao entroncamento com a rua do Guarda Joias, na calçada da Ajuda (frente ao quartel da GNR) e na Alameda dos Pinheiros das 01:00 de quarta-feira até quinta-feira.

Devido ao concerto comemorativo da tomada de posse (que decorre às 20:30 de quarta-feira, na praça do Município), a partir das 18:00 está interditada a circulação rodoviária na rua do Arsenal e na praça, incluindo o acesso ao parque de estacionamento subterrâneo aí localizado.

Lusa

  • Carlos Carvalhas e Marques Mendes sobre futuro Presidente da República
    0:55

    País

    Dois antigos líderes partidários já perspectivaram o mandato do futuro Presidente da República. O social-democrata Luís Marques Mendes acredita que Marcelo Rebelo de Sousa vai levar para Belém uma postura de mediação e de proximidade com os portugueses. Já o antigo líder comunista, Carlos Carvalhas, pede que a Constituição seja respeitada e os interesses nacionais defendidos.

  • Comemorações do 10 de Junho vão realizar-se em Paris
    1:40

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa ainda não tomou posse mas já tem agenda e com novidades. Pela primeira vez, as comemorações do 10 de Junho vão sair de Portugal. O novo Presidente leva à letra o dia que também é das comunidades e vai festejá-lo a Paris.

  • The Marcelo Rebelo de Sousa Show
    12:47

    Reportagem Especial

    Um novo Presidente da República entra em funções já na quarta-feira. E promete ser um Chefe de Estado muito diferente de Cavaco Silva dos últimos 10 anos. Os primeiros sinais foram dados logo na campanha eleitoral em que Marcelo surpreendeu tudo e todos com um registo até agora nunca visto na política portuguesa. Na Reportagem Especial, revisitamos os momentos mais marcantes desse período que explicam como um homem quase sozinho derrotou nove adversários à primeira volta.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.