sicnot

Perfil

País

Cavaco deseja "os maiores sucessos" ao novo PR

O Presidente da República desejou hoje ao seu sucessor "os maiores sucessos" no exercício do seu mandato, reiterando que tem uma "profunda gratidão" para com todos os portugueses "sem exceção", mesmo os que não o apoiaram.

Lu\303\255s Filipe Catarino/Presid\303\252ncia da Rep\303\272blica

"Sinto (...) o dever de transmitir um agradecimento muito especial a todos os Portugueses. Aos que em mim votaram e aos que não me apoiaram. A todos, sem exceção, estou profundamente grato. De todos guardo boas recordações, por todos tenho um sentimento de profunda gratidão", afirma o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, que cessa na quarta-feira funções como Presidente da República, depois de dez anos em Belém.

Numa mensagem que foi esta manhã divulgada no 'site' da Presidência da República, Cavaco Silva deseja ainda ao seu sucessor no cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, "os maiores sucessos".

Sublinhando que a mensagem que dirige aos portugueses um dia antes de deixar a Presidência da República é, sobretudo, "uma mensagem pessoal", Cavaco Silva reitera que "foi um privilégio" poder servi-los na chefia do Estado, tal como já antes tinha acontecido quando foi primeiro-ministro, entre 1985 e 1995.

"Procurei retribuir a Portugal o muito que o meu país me deu ao longo de uma vida", refere.

Na mensagem, o chefe de Estado volta ainda a considerar que servir o país na Presidência da República foi uma honra, concedida duas vezes, primeiro em 2006 e depois em 2011.

"Durante dez anos, procurei corresponder à confiança que em mim depositaram, agindo com sentido de responsabilidade e independência, trabalhando com rigor, seriedade e determinação na defesa do superior interesse nacional", frisa Cavaco Silva.

Lembrando os sete "roteiros" que realizou ao longo dos seus dois mandatos, o Presidente da República diz ter sido "um privilégio" contactar diretamente com milhares de portugueses e percorrer o país nas jornadas que levou a cabo para a inclusão social, a ciência, o património histórico-cultural, a juventude, as comunidades locais inovadoras, a floresta, as pescas e a economia dinâmica.

Marcelo Rebelo de Sousa toma posse como Presidente da República na quarta-feira de manhã, na Assembleia da República.

Lusa

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16