sicnot

Perfil

País

Cavaco deseja "os maiores sucessos" ao novo PR

O Presidente da República desejou hoje ao seu sucessor "os maiores sucessos" no exercício do seu mandato, reiterando que tem uma "profunda gratidão" para com todos os portugueses "sem exceção", mesmo os que não o apoiaram.

Lu\303\255s Filipe Catarino/Presid\303\252ncia da Rep\303\272blica

"Sinto (...) o dever de transmitir um agradecimento muito especial a todos os Portugueses. Aos que em mim votaram e aos que não me apoiaram. A todos, sem exceção, estou profundamente grato. De todos guardo boas recordações, por todos tenho um sentimento de profunda gratidão", afirma o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, que cessa na quarta-feira funções como Presidente da República, depois de dez anos em Belém.

Numa mensagem que foi esta manhã divulgada no 'site' da Presidência da República, Cavaco Silva deseja ainda ao seu sucessor no cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, "os maiores sucessos".

Sublinhando que a mensagem que dirige aos portugueses um dia antes de deixar a Presidência da República é, sobretudo, "uma mensagem pessoal", Cavaco Silva reitera que "foi um privilégio" poder servi-los na chefia do Estado, tal como já antes tinha acontecido quando foi primeiro-ministro, entre 1985 e 1995.

"Procurei retribuir a Portugal o muito que o meu país me deu ao longo de uma vida", refere.

Na mensagem, o chefe de Estado volta ainda a considerar que servir o país na Presidência da República foi uma honra, concedida duas vezes, primeiro em 2006 e depois em 2011.

"Durante dez anos, procurei corresponder à confiança que em mim depositaram, agindo com sentido de responsabilidade e independência, trabalhando com rigor, seriedade e determinação na defesa do superior interesse nacional", frisa Cavaco Silva.

Lembrando os sete "roteiros" que realizou ao longo dos seus dois mandatos, o Presidente da República diz ter sido "um privilégio" contactar diretamente com milhares de portugueses e percorrer o país nas jornadas que levou a cabo para a inclusão social, a ciência, o património histórico-cultural, a juventude, as comunidades locais inovadoras, a floresta, as pescas e a economia dinâmica.

Marcelo Rebelo de Sousa toma posse como Presidente da República na quarta-feira de manhã, na Assembleia da República.

Lusa

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Morreu José Manuel Castello-Lopes

    Cultura

    O empresário de cinema morreu esta quinta-feira aos 86 anos. A notícia da morte foi avançada hoje pela Academia Portuguesa de Cinema na sua página de Facebook.

  • Grupo armado mata 28 cristãos no Egito
    1:03
  • PSD quer criar taxa sobre a Uber e Cabify
    1:21

    Economia

    O PSD quer criar uma taxa sobre a Uber e Cabify para regulamentar as plataformas de transporte. A proposta deu entrada esta sexta-feira, no Parlamento, e procura ser uma alternativa ao projeto lei do Governo para o setor.

  • Médico português a caminho de Mossul
    3:01

    País

    Um médico português vai partir para o Iraque, no final do mês, para integrar uma equipa dos Médicos Sem Fronteiras. Gustavo Carona vai para Mossul, uma cidade bastião dos jihadistas, que tem sido palco de uma violenta guerra entre o Daesh e as forças iraquianas.

  • Filho de Eduardo dos Santos gasta 500 mil euros em relógio

    Mundo

    Desta vez não é Isabel dos Santos que dá que falar, mas sim um outro filho do Presidente de Angola. Danilo dos Santos arrematou um relógio por 500 mil euros, num leilão em Cannes. O momento foi partilhado através de um vídeo no Instagram, no qual aparece o ator Will Smith a comentar que o jovem "parece demasiado novo para ter 500 mil euros".

  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC