sicnot

Perfil

País

Dois mortos em incêndio na Cova da Moura, Amadora

Um homem, de 74 anos, e uma mulher, com 73, morreram hoje de madrugada na sequência de um incêndio na Cova da Moura, Amadora, avançou à Lusa fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Lisboa.

No local estiveram 10 veículos e 29 operacionais, além do Serviço Municipal de Proteção Civil, INEM, Polícia de Segurança Pública e Polícia Judiciária.

No local estiveram 10 veículos e 29 operacionais, além do Serviço Municipal de Proteção Civil, INEM, Polícia de Segurança Pública e Polícia Judiciária.

SIC/ Arquivo

De acordo com a mesma fonte do CDOS de Lisboa, o incêndio terá tido início pelas 04:05 da madrugada e originou a morte de duas pessoas que se encontravam na habitação.

No local estiveram 10 veículos e 29 operacionais, além do Serviço Municipal de Proteção Civil, INEM, Polícia de Segurança Pública e Polícia Judiciária, de acordo com a mesma fonte.

As autoridades estão no local a investigar as causas do incêndio que provocou duas vítimas mortais.

Lusa

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.