sicnot

Perfil

País

Mãe do jovem morto no Algarve põe em causa a forma como foi ouvida pela PJ

Mãe do jovem morto no Algarve põe em causa a forma como foi ouvida pela PJ

A mãe do jovem assassinado no Algarve rejeita ter entrado em contradição e põe em causa a forma como foi ouvida pela Polícia Judiciária, no dia em soube da morte do filho. Célia Barreto não sabe quando terá condições para ir buscar a filha que foi, entretanto, colocada numa instituição.

  • Mãe do jovem morto em Portimão diz que tem medo de sair à rua
    3:01

    País

    A mãe do jovem assassinado no Algarve garante que nunca assistiu a agressões nem discussões entre o filho e o principal suspeito, mas não descarta a hipótese de ser ele o responsável pelo homicídio. Em entrevista à SIC, Célia Barreto diz que só não viajou também para o Brasil porque o ex-companheiro não queria levar Rodrigo. Acrescenta ainda que tem medo de sair à rua por causa dos insultos e das ameaças.

  • Imprensa brasileira destaca caso do jovem assassinado em Portimão
    1:20

    País

    Ainda não se conhece o paradeiro exato do padrasto de Rodrigo Lapa. Joaquim Pinto viajou para o Brasil no dia em que o adolescente desapareceu. As autoridades de Portugal e do Brasil estão a trocar informações sobre o caso, que também começa a ganhar visibilidade da imprensa brasileira.

  • Joaquim Lara Pinto, principal suspeito da morte de Rodrigo
    2:17

    País

    Joaquim Lara Pinto é o principal suspeito da morte de Rodrigo Lapa. O homem de 42 anos estava desempregado. Viajou para o Brasil no dia em que Rodrigo, de 15 anos, desapareceu. A viagem tinha sido comprada há cerca de um mês. A mãe reafirma que Rodrigo e o padrasto tinham uma relação cordial.

  • Velório de Rodrigo Lapa com fortes medidas de segurança
    2:26

    País

    O corpo do jovem assassinado em Portimão começou a ser velado, esta tarde, sob fortes medidas de segurança. Horas antes, a irmã de Rodrigo, com apenas seis meses, foi retirada à mãe por determinação da Comissão de Proteção de Crianças e jovens. A mãe de Rodrigo Lapa terá tentado proteger o companheiro e ocultou factos à polícia. O padrasto acusava o jovem de lhe ter roubado dinheiro para comprar um telemóvel.

  • GNR obrigada a intervir no velório de Rodrigo Lapa em Portimão
    1:12

    País

    O velório de Rodrigo Lapa ficou marcado esta noite pela intervenção da GNR quando os populares começaram a dirigir à mãe do jovem assassinado em Portimão palavras hostis e acusações. Os militares entraram na capela e foi sob escolta que a mulher deixou o local. O repórter da SIC, João Tiago, acompanhou o velório e relatou a situação.

  • Jovem de 15 anos assassinado em Portimão homenageado
    4:43

    País

    Na zona ribeirinha de Portimão está prestes a começar uma homenagem ao jovem de 15 anos assassinado no Algarve. O funeral de Rodrigo Lapa decorreu hoje de manhã sem a presença da mãe. Tal como ontem à noite no velório, Célia Barreto só conseguiu assistir à cerimónia religiosa com escolta.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.