sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para suspeito de abusar de filha adotiva em Vila Real

O Tribunal de Vila Real decretou hoje a prisão preventiva ao homem suspeito de ter abusado sexualmente de uma filha adotiva de 13 anos, disse fonte judicial.

A investigação da PJ a este caso começou em janeiro e, na terça-feira, a polícia concretizou a detenção do indivíduo, que trabalha na área da construção civil, e sobre o qual recaem suspeitas de abuso sexual da menina de 13 anos.

A criança, que está grávida, foi retirada à família adotiva "já há algum tempo".

Segundo fonte da PJ, outras duas meninas, de 15 e 17 anos, foram também retiradas à família adotiva, na terça-feira, por uma questão de "segurança e de precaução" e entregues a uma instituição de acolhimento.

As três irmãs terão sido adotadas pelo casal de Vila Real há oito anos.

A investigação ao caso prossegue por parte dos elementos da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real.

O suspeito foi hoje presente ao Tribunal de Vila Real para primeiro interrogatório judicial e, à saída, foi insultado por alguns populares que se juntaram à porta do edifício.

O empreiteiro vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Lusa

  • Homem detido por suspeitas de engravidar filha de 13 anos
    1:09

    País

    O empreiteiro de Vila Real, detido esta terça-feira, é suspeito de abusar das três filhas adotivas e de engravidar a mais nova, com apenas 13 anos. O homem de 50 anos foi presente ao Tribunal de Vila Real e as medidas de coação devem ser conhecidas ainda hoje.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01