sicnot

Perfil

País

João Jardim diz que ainda não foi notificado para responder como arguido

João Jardim diz que ainda não foi notificado para responder como arguido

Alberto João Jardim vai ser constituído arguido no âmbito do processo "Cuba livre", que investiga a dívida pública da Madeira. Em causa, poderão estar os crimes de prevaricação, abuso de poder e violação das normas orçamentais. Esta noite, à saída da Fundação Social Democrata da Madeira, no Funchal, o ex-presidente do Governo Regional garantiu à SIC que ainda não foi notificado.