sicnot

Perfil

País

PCP vai propor reposição de apoios a estudantes e reformados nos passes dos transportes

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, anunciou esta quinta-feira que o PCP está a elaborar uma proposta legislativa para que sejam repostos os apoios a estudantes e reformados nos passes dos transportes públicos.

No encerramento de uma reunião metropolitana sobre transportes públicos e mobilidade, Jerónimo de Sousa considerou ser "preciso reverter o movimento gerado pelo brutal aumento de preços" nos transportes públicos, defendendo a necessidade de reintrodução da redução de 50% nos passes para estudantes e reformados e nos passes individuais do Metropolitano e da Carris.

"Está em curso a elaboração de uma proposta legislativa do PCP para a reposição dos apoios a estudantes e reformados", anunciou o secretário-geral comunista, que considera que para além de ser necessário reduzir preços, é também urgente alargar a oferta, a fiabilidade e a qualidade dos transportes públicos.

Jerónimo de Sousa adiantou igualmente que "no sentido de promover a criação de novas autoridades metropolitanas de transporte o PCP avançará com uma proposta de um novo regime jurídico".

Em relação a Lisboa, o líder comunista quer uma "resposta metropolitana enquadrada com prioridade nacionais e coordenada com a necessidade de cada um dos municípios", o que "exige um verdadeiro sistema de transportes funcionando em rede".

"Sempre defendemos a existência das Autoridades Metropolitanas de Transportes com funcionamento e composição democrática, com participação das autarquias, mas também com representantes do Estado, das empresas, dos trabalhadores e dos utentes, de modo a garantir a intervenção ativa no planeamento e no financiamento", recordou.

Para Jerónimo de Sousa é fundamental um "conjunto de fortes e saudáveis empresas públicas", sendo para isso necessário reverter processos de privatização, concessão e fusão.

"Esta é a única forma de garantir a efetiva prioridade ao serviço público, com transportes coordenados, frequentes, seguros, com boa qualidade e a preços sociais, recebendo as respetivas empresas adequada e atempadamente as indemnizações compensatórias", defendeu.

O deputado do PCP falou ainda da importância do passe social intermodal e afirmou que "com todas as concessões de transportes a aproximarem-se do seu fim, existe agora uma boa oportunidade para a integração de todos os operadores no sistema intermodal".

"Isso implica aumentar e alargar as atuais coroas, cobrindo toda a área metropolitana e consagrando que um único passe permita a utilização de todos os meios de transporte coletivo, sem aumento de preços para os utentes. É para dar resposta que o PCP avançará com uma iniciativa legislativa", adiantou.

Jerónimo de Sousa explicou ainda que os aumentos nestes setores provocaram uma significativa perda de passageiros e que, "por muito que argumentem em contrário, os custos dos transportes públicos em Portugal são mais caros do que na Europa".

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.