sicnot

Perfil

País

Carlos Cruz só terá hipótese de liberdade condicional daqui a um ano

Carlos Cruz só voltará a ter hipótese de sair em liberdade condicional daqui a um ano, quando estiverem cumpridos os cinco sextos da pena a que foi condenado. Esta semana o juiz voltou a recusar a liberdade ao antigo apresentador de televisão como aconteceu há um ano.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

O Tribunal de Execução de Penas considera que permanece o risco de reincidência porque o recluso continua a negar os crimes, a afirmar que é sexualmente ativo e rejeitou o convite para frequentar um programa destinado a condenados por crimes sexuais. Carlos Cruz alegou que não frequentaria o programa por nunca ter cometido nenhum crime dessa natureza.

O recluso vai ter direito a uma segunda saída precária no dia 20 de março para comemorar o aniversário em família e lançar o livro que escreveu no Estabelecimento Prisional da Carregueira, onde está detido.

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01