sicnot

Perfil

País

Carlos Cruz só terá hipótese de liberdade condicional daqui a um ano

Carlos Cruz só voltará a ter hipótese de sair em liberdade condicional daqui a um ano, quando estiverem cumpridos os cinco sextos da pena a que foi condenado. Esta semana o juiz voltou a recusar a liberdade ao antigo apresentador de televisão como aconteceu há um ano.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

O Tribunal de Execução de Penas considera que permanece o risco de reincidência porque o recluso continua a negar os crimes, a afirmar que é sexualmente ativo e rejeitou o convite para frequentar um programa destinado a condenados por crimes sexuais. Carlos Cruz alegou que não frequentaria o programa por nunca ter cometido nenhum crime dessa natureza.

O recluso vai ter direito a uma segunda saída precária no dia 20 de março para comemorar o aniversário em família e lançar o livro que escreveu no Estabelecimento Prisional da Carregueira, onde está detido.

  • Sporting adiado por mais dois dias
    1:41
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Gilberto Gil cancela atuação em Israel

    Cultura

    O músico brasileiro Gilberto Gil cancelou a atuação que tinha marcada para Telavive, em Israel, no dia 4 de julho, na sequência de protestos em Gaza durante os quais o exército daquele país matou 60 palestinianos.

  • Gases tóxicos expelidos pelo Kilauea ameaçam a população no Havai
    1:51