sicnot

Perfil

País

Suinicultores instalaram o caos no trânsito de Lisboa

Suinicultores instalaram o caos no trânsito de Lisboa

Ao início da tarde cerca de 250 camiões chegaram em Lisboa num protesto pela crise na suinicultura. O trânsito na 2ª Circular esteve cortado várias vezes durante a tarde. Os produtores contestam contra a entrada de porcos espanhóis em Portugal e garantem que estão em causa 200 mil postos de trabalho.

  • Confusão no protesto dos suinicultores
    4:02

    Economia

    Dezenas de suinicultores tentaram hoje atravessar a Segunda Circular, em Lisboa, mas foram impedidos pela polícia o que provocou momentos de tensão entre os manifestantes e as autoridades. Os suinicultores disseram que apenas queriam atravessar a Segunda Circular "para irem jantar". Um dos manifestantes diz ter sido agredido pela polícia, queixando-se de ardor nos olhos devido ao gás de pimenta lançado pelos agentes. Cerca de 300 camiões de todo o país deslocaram-se hoje para Lisboa e protestaram em frente ao Ministério da Economia queixando-se que o setor está "à beira do colapso".

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.