sicnot

Perfil

País

Aviso amarelo nos Açores devido à previsão de chuva forte

Sete das nove ilhas dos Açores vão estar este domingo sob 'Aviso Amarelo', devido à passagem pelo arquipélago de uma superfície frontal fria, que poderá provocar precipitação "pontualmente forte".

© Eloy Alonso / Reuters

Segundo um comunicado emitido pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), o agravamento do estado do tempo irá verificar-se nos Grupos Ocidental (Flores e Corvo) e Central (Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Terceira).

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a passagem desta "superfície frontal fria com ondulações", provocará um agravamento do estado do tempo nos Açores, no Grupo Ocidental (entre as 02:00 e as 17:00 de domingo), e no Grupo Central (entre as 11:00 e as 21:00 de domingo).

A Proteção Civil lembra que o eventual impacto do agravamento do estado do tempo poderá ser minimizado através da adoção de "comportamentos adequados", recomendando, por isso, que sejam tomadas as "medidas de autoproteção habituais nestas situações".

"Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento", são algumas das recomendações da Proteção Civil.

O Serviço de Proteção Civil dos Açores apela também para que as pessoas estejam "atentas aos alertas" que entretanto venham a ser lançados.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida