sicnot

Perfil

País

Marcelo afirma-se "quase feminista" e diz que igualdade de género é uma forma de estar

Marcelo Rebelo de Sousa considerou hoje que a igualdade de género "é uma forma de estar" e disse que a questão está no topo das suas preocupações, definindo-se como um "Presidente quase feminista".

FERNANDO VELUDO

"A igualdade de género é uma forma de estar. Não basta apregoar, não basta construir um quadro legislativo. É preciso concretizar a igualdade de género no nosso dia-a-dia, é preciso sentir que é importante", afirmou o Presidente da República, perante um grupo de embaixadoras acreditadas em Lisboa, que recebeu hoje no Palácio de Belém.

O Presidente da República disse ter "total paridade de género" na sua equipa de assessoria diplomática e adiantou que a nova secretária do Conselho de Estado é uma mulher [Rita Magalhães Colaço], tal como a nova responsável em matéria de Segurança Nacional [Mafalda Gama Lopes].

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou-se sensível à causa da igualdade de género, afirmando que está no topo das suas preocupações já que, sublinhou, jurou "sobre uma Constituição que tem no princípio da igualdade um dos seus pilares fundamentais".

"Sou, por dever moral e por sentimento, quase um presidente feminista, o meu primeiro encontro com embaixadores é com um grupo de embaixadoras e não podia ser de outra maneira", disse.

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou acreditar que não é preciso ser "um Presidente mulher para se preocupar com os direitos das mulheres", afirmando que estes direitos devem ser uma preocupação de todos.

Dirigindo-se ao grupo de embaixadoras, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que "as mulheres na diplomacia são sinónimo de igualdade de circunstâncias", o que significa que tiveram uma "formação em igualdade de circunstâncias", escolheram a diplomacia em igualdade de circunstâncias e passaram por processos de seleção em igualdade de circunstâncias.

Citando a jovem ativista Malala Yousafzai, prémio Nobel da Paz em 2014, Marcelo Rebelo de Sousa enfatizou a importância da Educação na promoção do desenvolvimento das sociedades, no reforço do poder das mulheres e na igualdade.

Pelas 19 embaixadoras presentes no encontro, a embaixadora da Suécia em Lisboa, Caroline Fleetwood, sublinhou que a as questões dos direitos das mulheres são questões de direitos humanos e manifestou expetativa em que Marcelo Rebelo de Sousa possa apoiar a causa dos direitos das mulheres.

Para além das embaixadoras, estiveram no encontro a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Teresa Ribeiro, e as deputadas do PSD Paula Teixeira da Cruz, Maria Germana Rocha e Ângela Guerra, e do CDS-PP Teresa Caeiro.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.