sicnot

Perfil

País

PSP desmantela rede de tráfico de droga em Ponta Delgada

A PSP anunciou esta quarta-feira a apreensão, nos Açores, de 367 mil doses de droga, no valor de meio milhão de euros, e a detenção de três suspeitos de pertencerem a uma das maiores redes de tráfico do arquipélago.

Segundo um comunicado da PSP, os homens, entre os 35 e 49 anos, naturais de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, e empresários, foram detidos na terça-feira.

Durante a operação foram apreendidos 68 quilograma de haxixe, suficientes para mais de 330 mil doses individuais, 2,7 quilogramas de heroína, que permitiriam a confeção de mais de 32 mil doses individuais, além de cerca de meio quilograma de cocaína em estado puro, que representa cinco mil doses.

A polícia confiscou ainda mais de meio quilograma de "produto indeterminado que se destinaria a produto de corte", 8.900 euros em dinheiro e uma viatura ligeira.

O Comando Regional dos Açores da PSP adiantou que os três homens vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Ponta Delgada, para aplicação de medidas de coação.

A operação foi realizada pela Esquadra de Investigação Criminal da Divisão de Ponta Delgada do Comando Regional dos Açores, com a colaboração do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, admitindo a polícia ter desmantelado "uma das maiores redes de tráfico de estupefacientes a operar no arquipélago dos Açores".

Lusa

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.