sicnot

Perfil

País

Paulo Portas é o novo vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria

O ex-vice-primeiro-ministro, que há dois dias deixou a lideranca do CDS, foi eleito, esta quarta feira, em assembleia geral vice-presidente da Câmara do Comércio e Indústria. Segundo o jornal Expresso, Paulo Portas, que vai ficar com o pelouro da internacionalização, não vai receber qualquer salário.

ESTELA SILVA

"Aceitei com gosto esta vice-presidência da Câmara de Comércio porque é uma forma muito útil de continuar a ajudar a internacionalização das empresas e o setor exportador, que são os pilares do nosso crescimento", refere Paulo Portas, citado na nota.

Segundo o ex-líder do CDS-PP, esta é "uma instituição muito respeitada e credível cujo trabalho prático, a favor das empresas portuguesas" é centrado "na diplomacia económica e na promoção externa de Portugal".

"Destaco em especial a qualidade do trabalho feito nesta casa junto das Câmaras de Comércio portuguesas em todo o mundo. Contam portanto com o meu empenhamento", refere ainda o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros.

Bruno Bobone, que foi reeleito presidente da Câmara de Comércio, considera que a eleição significa a intenção do antigo governante de "continuar a contribuir ativamente para o desenvolvimento económico de Portugal e, muito especialmente, para o crescimento da sua internacionalização".

O presidente da instituição refere ainda que a Câmara "terá que estar preparada para justificar a colaboração de uma das pessoas que mais fez nos últimos anos no que respeita ao apoio dado aos empresários portugueses, tanto em Portugal como a nível internacional".

No domingo, à entrada para o último dia do congresso do CDS-PP, no qual deixou de ser líder, Paulo Portas tinha dito que já sabia o que iria fazer no futuro relativamente à sua vida profissional, apesar de não o ter revelado.

"Estou a preparar uma vida profissional que não depende só de mim. Haverá um momento em que eu vos direi o que vou fazer. São várias coisas, saberão tudo no momento certo", disse na ocasião.

Com Lusa

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.