sicnot

Perfil

País

Seis notícias para começar o dia bem informado

O funeral de Nicolau Breyner realiza-se esta tarde, no cemitério do Alto de São João, em Lisboa, onde será cremado. A votação final global do Orçamento do Estado para 2016 realiza-se hoje, depois de semanas de trabalho na especialidade. Nos EUA, o republicano Marco Rubio abandonou a corrida à Casa Branca e Donald Trump e Hillary Clinton confirmaram o favoritismo. Lula da Silva ainda está a ponderar se assume o cargo de ministro no governo de Dilma. A Coreia do Norte condena um estudante dos EUA a 15 anos de trabalhos forçados por roubar cartaz.

1. Funeral de Nicolau Breyner realiza-se hoje após missa na Basília da Estrela

2. Realiza-se hoje a votação final do Orçamento de Estado

3. Clinton e Trump confirmam favoritismo na segunda Super Terça-Feira

4. Lula anuncia hoje se aceita ou não ser ministro

5. Estudante dos EUA condenado a 15 anos de trabalho forçado na Coreia do Norte

6. O tempo para hoje

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.