sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O arquipélago dos Açores está hoje sob aviso amarelo devido à previsão de precipitação, vento forte e agitação marítima. Quanto ao estado do tempo para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, em geral fraca, no litoral oeste a partir do início da manhã, estendendo-se gradualmente às restantes regiões e queda de neve acima de 1.400/1.600 metros de altitude.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente moderado a forte nas terras altas das regiões centro e sul durante a tarde e formação de geada em alguns locais das regiões do interior norte e centro.

A previsão aponta também para neblina ou nevoeiro matinal nas regiões centro e sul, pequena subida da temperatura mínima e descida da máxima.

Na Madeira prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva fraca ou chuvisco, vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente forte nas vertentes sul e nas zonas montanhosas e pequena subida da temperatura mínima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 09 e 16 graus, no Porto entre 08 e 14, em Vila Real entre 04 e 15, em Viseu entre 04 e 13, em Bragança entre 0 e 15, na Guarda entre 03 e 10, em Coimbra entre 09 e 15, em Castelo Branco entre 06 e 14, em Santarém entre 07 e 17, em Évora entre 05 e 15, em Beja entre 06 e 16, em Faro entre 08 e 17, no Funchal entre 17 e 21, em Ponta Delgada entre 14 e 18, em Angra do Heroísmo entre 13 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 18.

Com Lusa

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.