sicnot

Perfil

País

Supremo determina novo julgamento para inspetora da PJ Ana Saltão

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu hoje que o Tribunal da Relação de Coimbra terá de voltar a julgar a inspectora Ana Saltão, condenada a 17 anos de prisão por um crime de homicidio.

Entendem os juízes-conselheiros que o acordão que condenou a inspectora choca com a matéria dos factos apresentados, vícios que só podem ser corrigidos se o processo voltar a ser julgado.

Ana Saltão foi absolvida por um tribunal de juri em 2014, mas depois de um recurso do Ministerio Público para o Tribunal da Relação, a inspectora acabou condenada a 17 anos de prisão pelo homicido da avó do marido.

A arguida decidiu recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça e, nas alegações finais, a própria procuradora do Ministério Público pediu a absolvição, admitindo que existem demasiadas contradições na investigação, não sendo por isso, possível condenar a arguida.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.