sicnot

Perfil

País

Supremo determina novo julgamento para inspetora da PJ Ana Saltão

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu hoje que o Tribunal da Relação de Coimbra terá de voltar a julgar a inspectora Ana Saltão, condenada a 17 anos de prisão por um crime de homicidio.

Entendem os juízes-conselheiros que o acordão que condenou a inspectora choca com a matéria dos factos apresentados, vícios que só podem ser corrigidos se o processo voltar a ser julgado.

Ana Saltão foi absolvida por um tribunal de juri em 2014, mas depois de um recurso do Ministerio Público para o Tribunal da Relação, a inspectora acabou condenada a 17 anos de prisão pelo homicido da avó do marido.

A arguida decidiu recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça e, nas alegações finais, a própria procuradora do Ministério Público pediu a absolvição, admitindo que existem demasiadas contradições na investigação, não sendo por isso, possível condenar a arguida.

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.