sicnot

Perfil

País

Abono de família atribuído a mais crianças em fevereiro

O abono de família foi atribuído a 1.087.071 crianças e jovens, em fevereiro, mais 1.369 do que em janeiro, quebrando a tendência de baixa verificada desde novembro, segundo dados da Segurança Social, hoje divulgados.

Os dados do Instituto da Segurança Social (ISS), atualizados hoje e sujeitos a atualização, indicam um ligeiro aumento de 0,12% no número de beneficiários face a janeiro, mês em que foi atribuído a 1.085.702 crianças e jovens.

Comparando com o mês homólogo de 2015, registou-se uma descida de 4,6% no número de beneficiários que receberam esta prestação social.

Segundo as estatísticas do ISS, em fevereiro de 2015 esta prestação social foi atribuída a 1.140.015 crianças e jovens, mais 52.944 do que em fevereiro deste ano.

Lisboa é a região do país com o maior número de abonos de família atribuídos (214.908), seguindo-se o Porto (214.015), Braga (98.461) e Setúbal (84.605).

Em fevereiro, 826.807 crianças e jovens pediram para receber abono de família, enquanto em janeiro tinham sido 847.249.

Os aumentos dos abonos de família e dos abonos de família pré-natal entraram em vigor a 01 de fevereiro, trazendo subidas que variam entre os 2% e os 3,5%.

O montante do abono de família varia de acordo com a idade da criança ou jovem e com o nível de rendimentos de referência do respetivo agregado familiar.

O valor apurado insere-se em escalões de rendimentos estabelecidos, com base no Indexante dos Apoios Sociais (IAS).

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.