sicnot

Perfil

País

Menos beneficiários do Rendimento Social de Inserção em fevereiro

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) voltou a baixar no mês de fevereiro, havendo 207.019 pessoas a receber esta prestação social, menos 443 do que em janeiro e menos 1.618 do que no período homólogo.

Os dados são do Instituto de Segurança Social, segundo o qual no mês de fevereiro houve 207.019 pessoas a beneficiar do RSI, depois de em janeiro terem sido 207.462 beneficiários.

A quebra é ainda maior quando comparado com o período homólogo, já que em fevereiro de 2015 havia registo de 208.637 pessoas a receberem o RSI, o que representa uma quebra de 0,7% e menos 1.618 beneficiários.

Oscilação diferente é registada ao nível das famílias beneficiárias, já que entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016 há mais 3.115 agregados familiares a receberem esta prestação social.

A comparação entre os dois meses representa um crescimento de 3,4%, já que em fevereiro do ano passado havia 91.045 famílias a receberem RSI e em fevereiro deste ano esse número sobe para 94.160.

No entanto, comparando janeiro e fevereiro de 2016, regista-se uma ligeira diminuição no número de famílias beneficiárias, com menos 115 agregados a usufruírem desta prestação social em fevereiro, depois de em janeiro terem sido 94.275.

Olhando para os distritos, e nos que diz respeito aos beneficiários, é possível constatar que o número mais elevado de pessoas a receberem RSI está no distrito do Porto, com 60.959, logo seguido do distrito de Lisboa (36.123), Setúbal (17.729) e Região Autónoma dos Açores (17.556).

Também nas famílias a distribuição coincide, com 27.907 no distrito do Porto, 16.761 em Lisboa, 8.097 em Setúbal e 6.142 na Região Autónoma dos Açores.

O valor médio por beneficiário subiu ligeiramente entre janeiro e fevereiro, passando de 95,25 euros para 95,57 euros e depois de em fevereiro de 2015 ter sido de 91,41 euros.

Entre as famílias, o valor médio está entre os 214,19 euros, ligeiramente abaixo dos 214,21 de janeiro e dos 215,59 de fevereiro de 2015.

Entre os 207.019 beneficiários no mês de fevereiro, 104.424 era mulheres e 102.595 homens.

Entre as mulheres, a maioria (30,5%) têm menos de 18 anos, enquanto entre os homens essa percentagem sobe para os 33,5%.

Em relação ao RSI, o Governo anunciou que vai repor a cobertura desta prestação social a valores de 2012, comprometendo-se a aumentar de forma gradual, entre 2016 e 2019, o seu valor de referência.

Entretanto, está já definido que o valor de referência atual corresponde a 43,173% do valor do Indexante dos Apoios Sociais (IAS), o que dá cerca de 181 euros, já que o IAS está em 419,22 euros.

Lusa

  • Bombeiros ficaram de prevenção após intoxicação em Corroios
    1:16

    País

    17 alunos da escola EB 2+3 em Corroios, no Seixal, foram hospitalizados esta segunda-feira com sintomas de intoxicação alimentar. Os alunos, entre os 7 e os 14 anos, foram transportados 12 para o hospital Garcia de Orta, em Almada e cinco para o hospital do Barreiro. O transporte foi feito pelos bombeiros voluntários da Amora e do Seixal mantiveram uma equipa de socorro no local apenas por prevenção.

  • "Nada mais há a dizer" sobre a Caixa
    0:13

    Caso CGD

    O primeiro-ministro voltou esta segunda-feira a dizer que já não há nada para discutir, na polémica sobre a entrega de declarações de património dos gestores da CGD. Foram as declarações de António Costa, na Cidade da Praia, à margem da quarta cimeira bilateral entre Portugal e Cabo Verde.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46