sicnot

Perfil

País

Portugueses desconhecem quantos anos terão de trabalhar para receber pensão completa

A percentagem de portugueses que admite desconhecer o número de anos de contribuições necessários para receber a pensão de reforma na totalidade, bem como o funcionamento do sistema público de pensões, aumentou até 2015.

REUTERS

De acordo a III Sondagem sobre as Pensões e os Hábitos de Poupança em Portugal, hoje divulgada, a percentagem de portugueses que desconhece o número de anos de contribuições necessário para receber 100% da pensão subiu de 36% em 2013, para 43% em 2015.

O inquérito, elaborado pelo Instituto BBVA de Pensões, mostra que no ano passado apenas 59% dos entrevistados tinham conhecimento sobre os seus próprios anos de contribuições, face a 68% em 2014.

Relativamente ao conhecimento sobre a pensão média em Portugal, 32% dos entrevistados admitiu desconhecer o seu valor, que era de 493,5 euros em 2013, de 457,7 euros em 2014 e de 409,9 euros em 2015.

Entre os entrevistados, assinala a consulta, "existe uma desconfiança generalizada das pessoas entrevistadas sobre o facto do Fundo de Estabilização Financeira ter capacidade suficiente para garantir o pagamento de pensões futuras".

Apenas 29% dos inquiridos sabem da existência do Fundo e "dois em cada três dos entrevistados que o conhecem não acreditam que possa ser suficiente para pagar pensões futuras".

As alterações na legislação relativa às pensões são conhecidas apenas por 38% dos inquiridos.

O inquérito conclui ainda que "a população portuguesa é pessimista quanto ao futuro, mas atualmente esse nível de pessimismo é menor do que em 2014".

O universo de análise desta sondagem é a população portuguesa residente em Portugal e a amostra é de 1.004 entrevistas, o que corresponde a um nível de confiança de 95,5%.

As entrevistas ocorreram entre 29 de setembro e 15 de outubro de 2015.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.