sicnot

Perfil

País

Jovem morre após agressão com faca em Amarante

Um rapaz de 27 anos morreu hoje junto ao campo de futebol freguesia de Gatão, em Amarante (Porto), na sequência de um golpe de arma branca junto ao coração, disse hoje à Lusa fonte da GNR.

A vítima regressaria a casa com amigos de uma rave (festa de música eletrónica) em Celorico de Basto, e terá havido um desentendimento por uma causa "fútil" e o agressor, de 22 anos, pegou numa faca que existia no carro e "acertou junto ao coração", explicou à Lusa o comandante da GNR de Amarante.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto disse à Lusa que o jovem foi assistido pelos médicos de socorro, mas "sucumbiu no local".

O corpo do jovem foi transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Penafiel para autópsia por determinação do procurador, adiantou a mesma fonte da GNR.

O alerta do incidente foi dado pelas 07:56 e ocorreu na junto ao Campo de Futebol de Gatão.

Ao local deslocaram-se elementos dos Bombeiros de Amarante e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Vale de Sousa.

O alegado homicida entregou-se às autoridades e nunca se afastou da vítima, adiantou a mesma fonte da GNR.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.