sicnot

Perfil

País

Miguel Albuquerque diz que relações da Madeira com a República são "boas"

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse hoje que as relações entre a Madeira e a República são "boas" numa alusão à visita oficial que o primeiro-ministro, António Costa, realiza segunda e terça-feira à Região.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

"É uma visita institucional do bom relacionamento que existe entre a Região Autónoma da Madeira e os seus órgãos de governo próprio e as instituições nacionais", comentou à comunicação social à margem da Festa da Cana-de-açúcar, nos Canhas, na Ponta do Sol.

Miguel Albuquerque acrescentou ter muito prazer em receber António Costa na Madeira: "costumo dizer que nada melhor constatar 'in loco' a real situação da Região e vamos ter ocasião de falar de alguns assuntos pendentes", tendo-se escusado, no entanto, a dizer quais são.

Esta deslocação, que concentra a agenda oficial na terça-feira, tem como objetivo político, de acordo com a mesma fonte, a "normalização de relações institucionais e passar a ideia de que o período de costas voltadas que aconteceu nos últimos anos, com diferentes protagonistas, acabou", valorizando assim a Região Autónoma da Madeira.

O pilar económico desta visita passa ainda pela "valorização e dignificação do turismo como âncora da economia madeirense".

O primeiro-ministro tem chegada prevista ao Funchal na segunda-feira, às 20:45, e de acordo com fonte do governo regional, António Costa e Miguel Albuquerque têm um jantar privado nessa noite.

A agenda de terça-feira começa pelas 10:30, com uma visita de António Costa ao Mercado dos Lavradores, no Funchal, seguindo-se, às 12:00, uma cerimónia na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, onde o primeiro-ministro fará uma intervenção.

De acordo com o programa provisório, para as 13:15 está agendado um almoço oferecido por Miguel Albuquerque na Quinta Vigia, a residência oficial do presidente do Governo da Região Autónoma da Madeira.

António Costa inaugura, à tarde, o Complexo Balnear do Lido e depois, às 17:20, as instalações da ACIN, empresa pioneira na criação de soluções informáticas, no Projeto Brava Valley, na Ribeira Brava.

A comitiva do primeiro-ministro, que tem regresso marcado a Lisboa para terça-feira às 21:30, é ainda composta pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e pelo secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

Sobre a cana-de-açúcar cuja produção este ano deverá atingir as 10 mil toneladas (em 2015 foi de 8,8 mil toneladas), Miguel Albuquerque manifestou que o Governo Regional vai assegurar "este ano" o preço, ou seja, 27 cêntimos por quilo mas para o próximo ano terá "cuidado" no sentido de não haver uma sobre produção que não corresponda às necessidades do mercado.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.