sicnot

Perfil

País

Petição para criar "Dia dos Irmãos" entregue amanhã no parlamento

Uma petição com mais de quatro mil assinaturas para criar o "Dia dos Irmãos", a 31 de maio, é entregue na terça-feira no parlamento, porque aquilo que é vivido "entre irmãos é único, irrepetível", moldando a vida para sempre.

(Lusa/Arquivo)

Mais de quatro mil pessoas assinaram esta petição pública, que propõe a instituição de um dia comemorativo dedicado aos irmãos e à relação entre irmãos, que foi promovida pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e secundada pela Confederação Europeia das Famílias Numerosas.

Segundo informação avançada à agência Lusa pelo ex-deputado do CDS-PP Ribeiro e Castro, um dos elementos que integra a comitiva, a mesma vai ser recebida pelo vice-presidente da Assembleia da República José Manuel Pureza.

"O calendário assinala datas, efemérides, memórias. Por isso se destacam dias especiais, para celebrar o que é mais importante. Os irmãos são os nossos mais próximos. Crescemos com eles, na família, numa teia de cumplicidades e vivências comuns. O que vivemos entre irmãos é único, irrepetível, molda a nossa vida para sempre", pode ler-se no texto da petição.

Segundo os proponentes, torna-se por isso muito "importante assinalar um dia dedicado aos irmãos, à relação entre irmãos".

"É o que propomos. A criação do 'Dia dos Irmãos'. Quer em família, quer socialmente, essa é a maneira de mantermos sempre presente, fortalecermos e festejarmos o que, de tão importante, acontece entre irmãos", referem.

As aventuras, descobertas, solidariedade, proximidade, cumplicidade, entreajuda, cooperação e divisão de tarefas são alguns dos exemplos daquilo que é construído entre irmãos.

Com Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.