sicnot

Perfil

País

Presidente da República visita Moçambique em maio

O Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, vai visitar Moçambique de 3 a 7 de maio, disse hoje à Lusa a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Teresa Ribeiro.

Marcelo Rebelo de Sousa convidou o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi (centro), para a sua tomada de posse em 9 de março.

Marcelo Rebelo de Sousa convidou o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi (centro), para a sua tomada de posse em 9 de março.

Teresa Ribeiro anunciou a visita do chefe do Estado português a Moçambique, em declarações à Lusa, no final de um encontro com a vice-ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Nyeleti Mondlane, no âmbito da visita de trabalho que realiza, a partir de hoje, a Moçambique.

Ribeiro adiantou que a deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa a Moçambique enquadra-se no reforço das excelentes relações de amizade e cooperação entre os dois países.

Marcelo Rebelo de Sousa convidou o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, para a sua tomada de posse em 9 de março.

A secretária do Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal adiantou ainda que o primeiro-ministro português, António Costa, também vai visitar Moçambique no último trimestre do ano em curso, para participar na 3.ª Cimeira Bilateral.

Teresa Ribeiro assinalou que as visitas do chefe do Estado e do primeiro-ministro foram objeto de discussão durante o encontro de hoje com a vice-ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique.

"As relações entre os nossos dois países são excelentes, portanto, a reunião correu em conformidade com essa excelência e essa franqueza no relacionamento entre Portugal e Moçambique", declarou Ribeiro.

Na reunião, foi também abordado o grau de cooperação económica, o nível de investimentos, o anterior programa de cooperação e o estágio de preparação do próximo, acrescentou a secretária de Estado e dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal.

No âmbito da visita a Moçambique, Teresa Ribeiro tem previstos encontros com o ministros da Economia e Finanças de Moçambique, Adriano Maleiane, e da Educação, Jorge Ferrão.

Lusa

  • Marcelo em sintonia total com o Rei Felipe VI de Espanha
    1:48

    País

    Ontem à noite, o Presidente da República foi recebido pelo Rei Felipe VI no Palácio Real de Madrid, em Espanha. Marcelo diz que encontrou sintonia total na reunião de trabalho, realizada para promover as boas relações entre os dois países. O Presidente convidou os Reis de Espanha para uma visita de Estado a Portugal no fim do ano ou no início do próximo. Marcelo Rebelo de Sousa regressa esta manhã a Lisboa, depois da primeira viagem oficial como Presidente da República.

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira