sicnot

Perfil

País

Transportadoras anunciam marcha lenta com 15 mil camiões para 4ª feira

Mais de 2.000 empresas de transporte de mercadorias, com cerca de 15 mil camiões, vão realizar na quarta-feira uma marcha lenta contra o aumento do imposto sobre os combustíveis. O protesto ocorrerá em todo o país.

Arquivo

Arquivo

LUSA

Em luto nacional, os transportadores rodoviários de mercadorias prometem endurecer o tom do protesto, com uma marcha lenta em todo o território nacional, utilizando para isso os cerca de 15 mil camiões de transporte de mercadorias das empresas associadas da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM).

Em causa está o aumento do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP) em seis cêntimos por litro de gasóleo e de gasolina, em vigor desde meados de fevereiro, que "compromete a competitividade do setor e, consequentemente, a sobrevivência das empresas e a manutenção dos postos de trabalho".

Depois de falhadas as tentativas de negociação com o Governo para a devolução do agravamento às empresas, através do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, para minimizar o impacto do aumento do ISP, a ANTRAM tem nova reunião agendada para 30 de março, com o ministro Adjunto, Eduardo Cabrita.

Em comunicado, a ANTRAM antecipa que a justificação do Governo para a medida se mantenha - compensar a queda preço do petróleo nas contas públicas: "Acontece que esta baixa se reflete em todos os países e, se em Portugal a carga fiscal for superior, as empresas portugueses deste setor terão necessariamente um custo de produção superior aos demais concorrentes europeus".

Na sequência dos encontros, o Governo propôs uma majoração do custo com o combustível em 20%, em sede de IRC, o que a ANTRAM rejeitou por considerar que "não permite atingir o valor que as empresas terão que suportar com o aumento do ISP".

Mais do que não sofrer este agravamento, as associações querem que o preço dos combustíveis, que representa 35% dos custos das empresas do setor, seja equiparado ao praticado em Espanha, o que deverá ocorrer através da devolução do ISP, com base no consumo real de combustível.

Com Lusa

  • Transportadores de mercadorias ameaçam com marcha lenta
    2:09

    Economia

    Empresários do setor dos transportes de mercadorias estiveram hoje reunidos em Pombal com representantes das duas maiores associações. Para já vão, durante 15 dias, exibir tarjas negras de luto nos camiões e depois será feita uma marcha lenta se não obtiveram uma resposta aos problemas. Os transportadores de mercadorias exigiram também a demissão do ministro da economia.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Então as pessoas arriscavam as poupanças de uma vida, sabendo que os produtos não eram seguros?"
    0:45
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.