sicnot

Perfil

País

Barra da Figueira da Foz está fechada e outras quatro estão condicionadas

A barra da Figueira da Foz está fechada para navegação a embarcações de comprimento inferior a 11 metros e outras quatro barras no continente também estão condicionadas, segundo a página online da Autoridade Marítima Nacional.

(ARQUIVO)

(ARQUIVO)

© Stephane Mahe / Reuters

Segundo a Marinha, a barra da Figueira da Foz está fechada "a embarcações de comprimento inferior a 11 metros a partir das 20:50 horas" de sexta-feira.

A barra de Póvoa do Varzim está "condicionada a embarcações com calado superior a dois metros. Devem praticar a barra no período compreendido entre duas horas antes até duas horas após a preia-mar".

A barra de Vila do Conde está "fechada a embarcações com calado superior a dois metros. Devem praticar a barra no período compreendido entre duas horas antes até duas horas após a preia-mar"

Em Aveiro, a barra está "fechada a embarcações com comprimento inferior a 15 metros", referiu a Marinha.

Em São Martinho do Porto, a barra está "condicionada a navegação devido ao assoreamento e a "navegação deve proceder com cautela e praticar a barra apenas em preia-mar".

As demais barras no continente e nos arquipélagos da Madeira e dos Açores estão abertas "a toda a navegação", segundo a página da Marinha na Internet.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.