sicnot

Perfil

País

Colombo sofreu falha de energia durante cerca de uma hora

O Centro Comercial Colombo, em Lisboa, sofreu hoje um corte de energia, às 20:45, que afetou o funcionamento normal das lojas, disse à agência Lusa fonte do grupo Sonae Sierra, referindo que a situação foi resolvida às 21:33.

Segundo a responsável de comunicação da Sonae Sierra, Susana Lourenço, durante o apagão foi "assegurada a energia mínima, em termos de iluminação suficiente para as pessoas circularem no interior do Centro"

"As lojas é que não estavam a operar normalmente", indicou.

Susana Lourenço esclareceu que se tratou de "uma situação completamente alheia ao Centro", explicando que o corte de energia foi da responsabilidade da EDP.

A responsável disse ainda que o piquete da EDP chegou ao local às 21:15 e o problema foi resolvido às 21:33.

Em relação à origem do apagão, Susana Lourenço afirmou que deveu-se a "uma falha no fornecimento de energia elétrica na infraestrutura da EDP distribuição", no exterior do Centro Comercial Colombo.

A segurança no local esteve "perfeitamente assegurada", afirmou a responsável, frisando que o corte de energia "não põe se quer em perigo a integridade física de ninguém".

"Temos um plano de emergência que cobre essa situação", reforçou a assessora do grupo Sonae Sierra, explicando ainda que durante o apagão esteve "tudo a funcionar normalmente, exceto as lojas".

Lusa

  • Descida da TSU inconstitucional?
    2:37

    TSU

    Especialistas ouvidos pela SIC põem em causa a constitucionalidade da descida da Taxa Social Única dos patrões, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo. Como se trata de um imposto pago pelas empresas, só o Parlamento pode decidir uma alteração nas taxas. Neste caso, o Governo decidiu sozinho.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.