sicnot

Perfil

País

Presidente diz que há menos crispação em Portugal

Presidente diz que há menos crispação em Portugal

O Presidente da República diz que nas últimas semanas já se sentiu um clima politico mais sereno. Para Marcelo Rebelo de Sousa isso foi visível no debate do Orçamento e espera que se mantenha na discussão do programa nacional de reformas e do programa de estabilidade

"Nós não conhecemos ainda o Plano Nacional de Reformas e o Programa de Estabilidade. Eu sei que é muito habitual em Portugal comentar os documentos antes deles serem conhecidos, mas vamos esperar que eles sejam conhecidos e debatidos e depois falaremos sobre eles", justificou, em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao Hospital de Vila Franca de Xira, distrito de Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa vincou que "o país precisa agora de viver fora da polémica da campanha eleitoral", sentindo que "as pessoas estão a viver assim", o que "é positivo".

"Até no plano político eu encontro que há menos crispação. Foi possível fazer o debate do orçamento, com posições muito diferentes, mas com menor crispação. Avançamos agora para dois documentos importantes com menos crispação e eu sinto que isso é bom. Já bastam os problemas internacionais e europeus, que são muitos. Não vamos somar agora problemas nacionais", enfatizou.

Na opinião do chefe de Estado, "a estabilidade tem vindo a ser afirmada nos últimos dias, nas últimas semanas, na sociedade portuguesa".

"Eu entendo que há um clima mais descrispado, mais sereno, mais calmo na vida portuguesa e é este viver de uma forma habitual naquilo que eu chamo estabilidade política, económica, social e financeira é bom para o país", defendeu.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.