sicnot

Perfil

País

Dezenas de reclusos assistidos com queixas gastrointestinais na Carregueira

Cerca de seis dezenas de reclusos da prisão da Carregueira, em Sintra, foram assistidos, na terça-feira, pelos serviços de saúde do estabelecimento prisional com queixas gastrointestinais, indicou hoje a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

MARIO CRUZ

"Num universo de 720 reclusos, cerca de seis dezenas apresentaram, durante o dia de ontem [terça-feira], queixas gastrointestinais, tendo sido atendidos e medicados nos serviços de saúde do Estabelecimento Prisional da Carregueira", explicou a DGRSP, numa resposta escrita enviada à agência Lusa.

Este organismo sublinhou que "o estado de saúde das pessoas afetadas evoluiu favoravelmente durante o dia de hoje", acrescentando que "está a procurar apurar o que esteve na origem desta situação, nomeadamente através de análises a amostras de alimentação servida no dia 28 de março [segunda-feira]", havendo suspeitas de que se tratou de uma intoxicação alimentar.

Fonte prisional disse à Lusa que o Estabelecimento Prisional da Carregueira serviu aos reclusos, na segunda-feira, filetes e carne assada, às refeições.

Segundo a mesma fonte, "vários reclusos" tiveram ainda de ser assistidos durante a manhã de hoje pelos serviços de saúde da prisão.

Lusa

  • Máquinas de lavar roupa da prisão da Carregueira avariadas há mais de 6 meses
    2:15

    New Articles

    As máquinas de lavar roupa da prisão da Carregueira estão avariadas há mais de seis meses. O Sindicato dos Guardas Prisionais denuncia problemas de saúde pública. Diz, por exemplo, que as capas de colchões dos guardas prisionais não são lavadas há mais de uma década – e, que já foram detetados casos de sarna. Enquanto isso, a Direção-Geral dos Serviços Prisionais garante que as acusações não têm fundamento.

  • Recluso de 28 anos terá sido violado na prisão da Carregueira
    2:17

    País

    O Ministério Público está a investigar suspeitas de violação de um recluso na prisão da Carregueira. A vítima terá sido abusada sexualmente por dois companheiros de cela no ano passado. Os Sindicatos dos Guardas Prisionais culpam a sobrelotação das cadeias e a falta de guardas.

  • Carlos Cruz diz que gostava de falar com os jovens que o acusaram
    2:31

    País

    Carlos Cruz diz que ainda gostava de falar com os jovens que o acusaram e discutir com os juízes que o condenaram. Em vésperas de completar 74 anos e de lançar a sua autobiografia, o antigo apresentador de televisão, condenado por pedófilia, saiu hoje da prisão Carregueira para quatro dias de precária. Veja um pequeno excerto de uma entrevista que vamos emitir esta terça-feira, no Jornal da Noite.