sicnot

Perfil

País

Quinze distritos sob aviso amarelo devido à queda de neve e vento forte

Quinze distritos estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de queda de neve e vento forte. Também a Madeira está sob aviso amarelo devido à chuva, vento forte e agitação marítima.

Nuno Andre Ferreira

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Coimbra estão sob 'Aviso Amarelo' devido ao vento moderado a forte de norte com rajadas até 80 quilómetros por hora (entre as 12:00 e as 18:00 de hoje) e por causa da queda de neve acima dos 400/600 metros (entre as 12:00 de hoje e as 00:00 de quinta-feira).

Já os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Coimbra é devido ao vento moderado a forte de norte com rajadas até 80 quilómetros por hora (entre as 12:00 e as 18:00 de hoje) e por causa da queda de neve acima dos 400/600 metros (entre as 12:00 de hoje e as 00:00 de quinta-feira).

Sob 'Aviso Amarelo' estão também os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima dos 400/600 metros entre as 15:00 de hoje e as 00:00 de quinta-feira.

Os distritos de Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão sob 'Aviso Amarelo' por causa do vento moderado a forte de norte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora entre as 15:00 e as 21:00 de hoje.

Madeira

O arquipélago da Madeira está hoje sob 'Aviso Amarelo' devido à previsão de chuva ou aguaceiros, vento forte e agitação marítima, informou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, a ilha da Madeira está sob 'Aviso Amarelo' devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes (entre as 12:00 de hoje e as 00:00 de quinta-feira) e vento forte a muito forte de nordeste, com rajadas até 110 quilómetros por hora (entre as 15:00 de hoje e as 09:00 de quinta-feira).

Também o Porto Santo está sob 'Aviso Amarelo' devido à previsão de vento forte de nordeste, com rajadas até 90 quilómetros por hora (entre as 12:00 de hoje e as 06:00 de quinta-feira), e agitação marítima com ondas de noroeste com quatro a cinco metros (entre as 12:00 de hoje e as 06:00 de quinta-feira).

O 'Aviso Amarelo', o terceiro mais grave numa escala de quatro, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Seis barras fechadas e três condicionadas devido à agitação marítima

Seis barras do continente estão hoje fechadas à navegação e outras três estão condicionadas devido à previsão de agitação marítima forte, de acordo com informação disponível na página da Marinha na Internet.

As barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Vila do Conde, Douro e São Martinho do Porto estão fechadas.

A barra da Póvoa de Varzim está condicionada a embarcações com calado superior a dois metros e a da Figueira da Foz fechada apenas a embarcações com calado inferior a 35 metros.

A Marinha indica também que a barra de Aveiro está condicionada a embarcações com comprimento inferior a 15 metros, encontrando-se aberta à restante navegação.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje na costa ocidental ondas de noroeste com 2,5 a 3,5 metros e na costa sul ondas de sudoeste com 1 a 1,5 metros.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC