sicnot

Perfil

País

Agente de Execução detida por suspeita de desvio de 2,5 M€

A Polícia Judiciária deteve uma Agente de Execução que terá desviado mais de 2,5 milhões de euros referentes a processos de penhoras.

A mulher de 53 anos, com escritório em Setúbal, está indiciada por crimes de peculato, falsidade informática e branqueamento de capitais.

Aurora Boaventura é agente de execução desde 2003. Desempenhou funções como presidente da delegação regional do sul da Câmara dos Solicitadores.

A judiciária efetuou buscas a residências e aos escritórios da suspeita, onde apreendeu material relacionado a investigação.