sicnot

Perfil

País

Criminalidade de grupos e jovens está a baixar

As autoridades registaram uma diminuição de 11,5 por cento nas participações por delinquência juvenil, no ano passado, e de 4,4% para a criminalidade praticada por grupos, revela o Relatório Anual de Segurança Interna 2015, hoje divulgado.

© Benoit Tessier / Reuters

"A criminalidade grupal mantém a tendência de decréscimo que se vem observando nos últimos anos, registando-se uma diminuição de 279 participações", lê-se no relatório hoje entregue na Assembleia da República.

Já a delinquência juvenil, que "tem vindo a comportar-se ao longo dos anos de forma alternada", teve menos 276 participações, o que representa um decréscimo de 11,5%.

No total, em 2015, verificaram-se 2.117 situações relacionadas com delinquência juvenil e 6.069 com criminalidade grupal.

As autoridades consideram criminalidade grupal um facto criminoso praticado por três ou mais pessoas, enquanto a delinquência juvenil abrange os menores entre os 12 e os 16 anos.

O maior número de inquéritos tutelares educativos iniciados neste período teve lugar nas comarcas do Porto (1.420), Lisboa Oeste (1.270), Lisboa Norte (610), Faro (415) e Açores (284).

Os mesmos locais registaram o maior número de inquéritos findos: 1.285 no Porto, 1.087 em Lisboa Oeste, 1.060 em Lisboa, 619 Lisboa Norte, 347, em Faro, e 239, nos Açores.

O RASI 2015, hoje entregue no parlamento, indica que criminalidade geral aumentou 1,3 por cento no ano passado, face a 2014, mas a criminalidade violenta e grave diminuiu 0,6 por cento.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.