sicnot

Perfil

País

Jovem condenado a pena suspensa por violar aluna checa em Coimbra

O Tribunal de Coimbra condenou hoje um jovem a quatro anos e seis meses de pena suspensa por ter violado, em 2013, uma estudante da República Checa, que estava em Portugal no âmbito do programa de Erasmus.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O jovem foi condenado por um crime de violação e um crime de furto (apoderou-se do telemóvel da vítima), factos praticados em setembro de 2013, quando este tinha 19 anos.

Segundo o juiz que presidiu ao coletivo, o arguido, em declarações "um pouco tiradas a saca-rolhas" e "aos solavancos", admitiu, "no essencial, os factos que constavam da acusação", confirmados também pelas declarações da ofendida, uma jovem estudante oriunda da República Checa.

O Tribunal entendeu "que não devia aplicar o regime especial para jovens" (aplicável a quem cometa crimes até aos 21 anos), "devido à gravidade dos factos".

No entanto, o mesmo coletivo considerou que não podia ficar "insensível" ao comportamento do arguido, que tem "hábitos de trabalho" e que apresenta "sinais de integração", determinando assim a suspensão da pena, fixada em quatro anos e seis meses de prisão.

O Tribunal "quer crer que isto foi um caso isolado", sublinhou o juiz.

Para além da pena suspensa, o arguido terá ainda de pagar uma indemnização de 3.700 euros à vítima, cujo valor apenas não é mais elevado porque foi este o pedido pela ofendida, frisou o Tribunal.

Para o jovem poder beneficiar da suspensão da pena terá de cumprir um regime de prova posteriormente definido pelos serviços de reinserção e de pagar metade do valor da indemnização requerida seis meses após o processo transitar em julgado e, passados outros seis meses, terá de pagar os restantes 1.850 euros.

O juiz do coletivo, dirigindo-se ao jovem, avisou que este está numa "situação limite".

"Por esta, ainda passou", notou.

Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.