sicnot

Perfil

País

Parlamento vota hoje duas condenações a Angola

O Parlamento vota hoje duas condenações a Angola pela pena aplicada aos 17 ativistas, condenados à prisão efetiva entre os 2 e 8 anos de cadeia.

(arquivo)

(arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters


É a terceira vez em oito meses que o Parlamento aprecia votos de condenação às autoridades angolanas, no âmbito deste caso, que levou dois dos condenados à greve de fome, incluindo o luso-angolano Luaty Beirão.

O Bloco de Esquerda liderou este processo e hoje volta a levar à votação um novo texto, ainda mais crítico à forma como o Estado angolano lidou com o caso dos ativistas.

Já o PS só ontem fez avançar com este voto de condenação por considerar "uma sentença pesada" para jovens e académicos e para a democracia, que não pode existir sem liberdade de expressão e de reunião.

As iniciativas do PS e do Bloco são votadas ao final da tarde, na sessão plenária que começa às 15:00.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47