sicnot

Perfil

País

Suspeitos do tiroteio na Ameixoeira já foram identificados mas continuam em fuga

Suspeitos do tiroteio na Ameixoeira já foram identificados mas continuam em fuga

A Policia Judiciária já identificou os dois suspeitos do tiroteio na Ameixoeira, que continuam em fuga. No hospital continuam três dos cinco feridos pelos disparos de terça-feira à noite, mas só uma mulher é que está nos cuidados intensivos. O caso deu origem a duas investigações: a da Polícia Judiciária para encontrar os suspeitos e a da Inspeção-Geral da Administração Interna para apurar as responsabilidades da PSP.

  • Agentes da PSP refugiaram-se em loja durante tiroteio na Ameixoeira
    3:52

    País

    Durante o tiroteio de ontem, na Ameixoeira, quatro agentes da PSP refugiaram-se dentro de uma loja. Depois disso, as autoridades começaram uma operação de caça aos suspeitos que pertencerão as duas famílias rivais. A polícia apreendeu uma caçadeira e fez buscas em várias casas mas até agora não houve nenhuma detenção. A Inspeção-Geral da Administração Interna já anunciou a abertura de um inquérito.

  • O filme de uma noite de tiroteios e rusgas na Ameixoeira
    3:54

    País

    Dois dos agentes atingidos ontem no bairro da Ameixoeira em Lisboa já tiveram alta. O terceiro agente e as duas mulheres civis, também atingidos, foram submetidos a cirurgias e estão livres de perigo. Até ao momento não há detenções a registar, a PSP fez várias rusgas durante a noite mas o suspeito já identificado continua a monte.

  • IGAI abre inquérito ao tiroteio na Ameixoeira

    País

    A Inspeção-Geral da Administração Interna anunciou hoje a abertura de um inquérito para apurar todos os factos relacionados com o tiroteio ocorrido no bairro da Ameixoeira, em Lisboa, em que cinco pessoas foram baleadas.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.