sicnot

Perfil

País

Três polícias mortos em 2015 durante atividade operacional

Três polícias morreram, em 2015, em consequência da atividade operacional das forças de segurança, depois de em 2014 não se terem registado mortes, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2015, hoje divulgado.

O RASI adianta que, dos três elementos das forças de segurança mortos, dois eram agentes da PSP e um era militar da GNR.

O relatório indica também que cinco polícias ficaram feridos e necessitaram de internamento, 320 sofreram ferimentos, mas não ficaram internados, e 291 ficaram feridos e não receberem tratamento médico.

Com exceção das mortes ocorridas, não se registaram grandes variações relativamente a 2014 sobre os polícias feridos, refere o documento, hoje entregue na Assembleia da República.

De acordo com o RASI, em 2015 registaram-se danos em 51 viaturas ligeiras da PSP e da GNR, em consequência da atividade operacional.

O mesmo documento refere ainda que, em resultado das intervenções da PSP e da GNR, em 2015, 79 pessoas ficaram feridas, três das quais necessitaram de internamento, e 13 viaturas sofreram dados.

O RASI 2015, hoje entregue no parlamento, indica que a criminalidade geral aumentou 1,3 por cento, no ano passado, face a 2014, mas a criminalidade violenta e grave diminuiu 0,6 por cento.

Lusa

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.