sicnot

Perfil

País

Constituição devia ser debatida nas escolas, defende Marcelo

Constituição devia ser debatida nas escolas, defende Marcelo

O Presidente da República defende que a Constituição devia ser debatida e ensinada nas escolas.Em entrevista à TSF, Marcelo Rebelo de Sousa recorda o momento em que participou como constituinte na aprovação do documento.

Amanhã, assinalam-se os 40 anos da Constituição.

A data vai ser comemorada num almoço no Palácio de Belém.

O Presidente da República e o Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, vão reunir-se com antigos deputados constituintes.

O Parlamento aprovou a Constituição a 2 de abril de 1976, depois de 10 meses de trabalho e mil horas de sessões.

Desde então, houve sete revisões ao documento.

A oitava revisão estava a ser preparada em 2010 mas o processo foi suspenso com a queda do Governo de José Sócrates.

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto a uma margem, em frente à Portugália. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Última Hora

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.