sicnot

Perfil

País

Moradores de prédio afetado por explosão no Seixal não podem regressar a casa

Os 23 moradores do prédio que foi hoje afetado por uma explosão numa caixa multibanco, no Seixal, não vão regressar a casa, uma vez que a autarquia anunciou que vai proceder ao "escoramento da estrutura".

"No seguimento da explosão que teve hoje lugar num multibanco localizado num prédio da freguesia de Amora, a Câmara Municipal do Seixal vem informar que já foi feita a avaliação de segurança do edifício e que se vai proceder ao escoramento da estrutura de forma a garantir a sua estabilidade", refere a autarquia em comunicado enviado à Lusa.

Uma explosão numa caixa multibanco na Amora, concelho do Seixal, causou elevados danos no edifício e na zona envolvente, com os moradores a serem retirados do prédio, que foi evacuado.

A autarquia, liderada por Joaquim Santos (PCP), refere que os moradores vão ficar instalados numa unidade hoteleira do concelho.

"Por questões de segurança, os 23 moradores do prédio não voltarão hoje às suas casas. A Câmara Municipal e a Segurança Social estão a acompanhar a situação e os munícipes ficarão alojados numa unidade hoteleira do concelho, onde terão todas as condições", acrescenta.

No documento, a autarquia do Seixal garante que vai continuar a acompanhar a situação, disponibilizando "todos os meios necessários para que os seus munícipes possam ter resposta célere às suas necessidades".

Lusa

  • Explosão da caixa multibanco danificou prédio e vários carros
    2:52

    País

    A explosão de uma caixa multibanco, durante a madrugada, no Seixal causou elevados danos materiais.O alerta foi dado por volta das 04:00, em Paivas. Os moradores ouviram um grande estrondo, na sequência de uma tentativa de assalto. O rebentamento danificou o prédio onde estava a caixa multibanco e destruiu parte dos escritórios de uma empresa de seguros. Os estilhaços danificaram ainda o prédio em frente e vários automóveis que estavam estacionados no local. As marcas da destruição são visíveis no local, onde está a repórter Ana Moreira.

  • Explosão em assalto a multibanco no Seixal
    1:52

    País

    Um prédio teve que ser evacuado no concelho do Seixal por causa da explosão de uma caixa multibanco durante uma tentativa de assalto. A explosão provocou danos significativos no edifício e na zona envolvente.

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.