sicnot

Perfil

País

Prisão domiciliária para solicitadora suspeita de desviar dinheiro

Ficou em prisão domiciliária a agente de execuções suspeita de ter desviado mais de 2,5 milhões de euros referentes a processos de penhoras.

Aurora Boaventura esteve ontem a ser ouvida pelo Juiz do Tribunal de Instrução que lhe aplicou a medida de coação de permanência no domicílio.

A solicitadora está indiciada por crimes de peculato, falsidade informática e branqueamento de capitais.

É suspeita de ter desviado desviado milhões de euros desde 2014 dos oito mil processos em que era agente de execução.

As autoridades efetuaram quatro buscas a escritórios e residências, arrestaram imóveis e apreenderam saldos bancários.

  • Solicitadora suspeita de desvio de 2,5 milhões de euros ouvida por juiz
    1:58

    País

    A agente de execuções suspeita de ter desviado mais de 2,5 milhões de euros está a ser ouvida pelo juiz do Tribunal de Instrução e deverá continuar a ser interrogada amanhã para eventual aplicação de medidas de coação. Aurora Boaventura está indiciada por crimes de peculato, falsidade informática e branqueamento de capitais.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.