sicnot

Perfil

País

Prisão domiciliária para solicitadora suspeita de desviar dinheiro

Ficou em prisão domiciliária a agente de execuções suspeita de ter desviado mais de 2,5 milhões de euros referentes a processos de penhoras.

Aurora Boaventura esteve ontem a ser ouvida pelo Juiz do Tribunal de Instrução que lhe aplicou a medida de coação de permanência no domicílio.

A solicitadora está indiciada por crimes de peculato, falsidade informática e branqueamento de capitais.

É suspeita de ter desviado desviado milhões de euros desde 2014 dos oito mil processos em que era agente de execução.

As autoridades efetuaram quatro buscas a escritórios e residências, arrestaram imóveis e apreenderam saldos bancários.

  • Solicitadora suspeita de desvio de 2,5 milhões de euros ouvida por juiz
    1:58

    País

    A agente de execuções suspeita de ter desviado mais de 2,5 milhões de euros está a ser ouvida pelo juiz do Tribunal de Instrução e deverá continuar a ser interrogada amanhã para eventual aplicação de medidas de coação. Aurora Boaventura está indiciada por crimes de peculato, falsidade informática e branqueamento de capitais.

  • "Toda a transparência" para os "amigos portugueses"
    0:54
  • Turistas à volta da lua em 2018
    1:21
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22

    Mundo

    Por detrás da alegria do desfile das escolas de samba, há a tensão e a adrenalina dos bastidores do sambódromo. A preparação antes da entrada na avenida é um espetáculo à parte como mostra a correspondente da SIC, no Rio de Janeiro, Ivani Flora

    Correspondente SIC

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06