sicnot

Perfil

País

PS quer alargar lei das incompatibilidades

O PS quer que os titulares de altos cargos políticos não possam trabalhar para empresas, sociedades de crédito ou seguradoras ligadas a áreas que anteriormente tutelaram.

No projecto-lei entregue ontem no parlamento, mantêm-se os 3 anos de período de nojo, já previsto, mas são alargadas as incompatibilidades.

Durante 3 anos, os antigos titulares de altos cargos políticos não poderão exercer funções em empresas com quem tiveram relações enquanto representantes do Estado. A medida inviabilizaria, por exemplo, a contratação de Maria Luis Albuquerque para a Arrow ou a ida de Vitor Gaspar para o departamento de assuntos orçamentais do FMI.

Os socialistas querem que os ministros passem plo crivo da Assembleia da República antes de irem para o setor privado, ou seja, só depois do parecer vinculativo de uma comissão parlamentar criada para o efeito.

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • CDS avança com moção de censura ao Governo

    País

    A líder do CDS anunciou hoje que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo, na sequência dos incêndios que fizeram 37 mortos desde domingo, quatro meses depois da tragédia de Pedrógão Grande.

    Em atualização

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • Há uma semana que as florestas ardem na Califórnia
    1:34