sicnot

Perfil

País

PS marca eleições diretas do secretário-geral para 20 e 21 de maio

As eleições diretas pelos militantes socialistas do secretário-geral do PS vão realizar-se a 20 e 21 de maio, dias em que também serão eleitos 1450 delegados ao congresso nacional, entre 3 e 5 de junho, em Lisboa.

Este calendário foi transmitido à agência Lusa pelo presidente da comissão executiva da Comissão Organizadora do Congresso, Francisco César, dirigente socialista e deputado na Assembleia Legislativa Regional dos Açores.

Aos 1450 delegados que serão eleitos diretamente pelas estruturas socialistas, importa ainda somar cerca de três centenas de delgados com direito a inerência, que por serem membros de órgãos nacionais do PS (ou por desempenharem cargos políticos de representação deste partido a nível institucional) têm direito estatutário de participar no congresso nacional, que se realizará na Feira Industrial de Lisboa, tal como o anterior de novembro de 2014.

Na segunda-feira à noite, durante a reunião da Comissão Nacional do PS, entre as decisões tomadas, foi eleita comissão executiva da COC.

Além de Francisco César, a comissão executiva da COC integra para já mais oito elementos: Castro Fernandes (Porto), Palmira Maciel (Braga), Manuel Laje (Lisboa), Pedro Ruas (Setúbal), Marina Gonçalves (Viana do Castelo), Pedro Vaz (Aveiro), Sara Velez (Leiria) e Tiago Gonçalves (Juventude Socialista).

"Todos os elementos da COC são novos, exceção feita a Manuel Laje", referiu Francisco César.

O dirigente adiantou que cada candidatura à liderança do PS, após ser formalizada dentro dos prazos legais, terá depois, automaticamente, um representante na COC com direito a voto.

Uma candidatura à liderança do PS, para ser válida, entre outras normas estatutárias, tem de ser acompanhada por uma moção de orientação estratégica ao congresso e por um mínimo de 250 militantes subscritores.

Lusa

  • Congresso do PS marcado para 3, 4, 5 de junho em Lisboa
    0:39

    País

    O Congresso do PS será a 3, 4 e 5 de junho, em Lisboa. A Comissão Nacional do partido reuniu-se, esta noite, para definir que vai ser na FIL e aberto à sociedade. Haverá mesmo uma comissão organizadora liderada por Francisco César, filho de Carlos César. Para Ana Catarina Mendes, secretária geral adjunta, mais do que uma novidade, é uma nova maneira de pensar no partido.

  • PS abre congresso à participação de independentes
    1:55

    País

    O congresso do PS vai ter mais um dia do que o previsto, será aberto a independentes e vão ser convidadas pessoas de fora do partido para a comissão encarregue da organização política dos trabalhos. Decisões aprovadas numa reunião da comissão nacional dos socialistas em que foram suspensos preventivamente 16 militantes do PS em Coimbra, acusados de fraude na inscrição de novos militantes.

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40