sicnot

Perfil

País

Chuva e vento fortes nos próximos dias

A Proteção Civil emitiu hoje um aviso à população devido à previsão de um agravamento das condições meteorológicas para os próximos dias, com chuva e vento fortes, podendo ocorrer cheias em meios urbanos historicamente vulneráveis.

(Arquivo)

(Arquivo)

REUTERS

Até ao final de sexta-feira, prevê-se que as regiões mais afetadas sejam as situadas a norte do alinhamento Montejunto-Estrela.

As previsões meteorológicas apontam para chuva persistente, pontualmente forte e vento a soprar de sudoeste, forte no litoral oeste, com rajadas a atingirem os 80 a 95 quilómetros por hora.

A mesma informação, transmitida em comunicado, indica a possibilidade de subida do nível das águas nas bacias do Minho, Cávado, Douro, Mondego e Tejo.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alerta para o facto de poderem ocorrer os seguintes efeitos: piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, danos em estruturas montadas ou suspensas, possibilidade de queda de ramos ou árvores e fenómenos associados a instabilização e saturação dos solos.

A ANPC adverte para a necessidade de garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, retirada de inertes e objetos que possam ser arrastados e de adotar uma condução defensiva.

Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas é outra das recomendações.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:38

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, nas regiões do norte e centro, céu geralmente muito nublado, aguaceiros, por vezes fortes no litoral a norte do Cabo Mondego, passando a períodos de chuva nas regiões do litoral no final do dia, queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo gradualmente a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela e possibilidade de ocorrência de trovoada.

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.